Unidade Florestal de Honduras Britânica (Belize) no Reino Unido.

Durante a Segunda Guerra Mundial  uma grande necessidade de madeira fora exigida pelas industrias de carvão e de aço, também para a fabricação de armas, construção de torres e reparação de estradas de ferro destruídas pelo bombardeios alemães.

Mas os Aliados não podiam contar com seu maior fornecedor de madeira, o Canadá, isso graças aos constantes ataques de submarinos alemães aos navios mercantes. Foi então necessário buscar madeira no próprio continente, mas a mão de obra era muito escassa nessa época.

É ai que entra em cena Belize, naquela época Honduras Britânica, um pequeno país localizado na América do Norte. Como o pais era colônia da coroa britânica, em 1941 um contingente de mais ou menos 900 homens foram recrutados para trabalhar nas florestas britânicas e escocesa, para cortar arvores e transformar a madeira em matéria prima para as indústrias, Era conhecida como British Honduras Forestry Unit.

Para os voluntários umas das maiores dificuldades foi com relação ao frio, a grande maioria não estava acostumada com o frio intenso e a neve. Também tiveram dificuldade com a população, mesmo com o acolhimento dos cidadãos, os burocratas e a alta sociedade não viam os belizenses com bons olhos.

No entanto, o trabalho que realizaram foi de impotência vital para o esforço de guerra.

No votes yet.
Please wait...

Written by 

Deixe uma resposta