Maureen Dunlop – Uma Piloto Argentina Durante a Segunda Guerra.

A Argentina também foi um dos países das Américas afetados pela Segunda Guerra Mundial, apesar de neutro, uma grande parte da sociedade era simpatizantes da cultura e politica alemã, mesmo assim alguns voluntários se alistaram para lutar contra os nazifacismo, onde a grande maioria eram descendentes de Ingleses.

Mais ou menos quatro mil argentinos serviram nas armas britânicas, dentre eles uma média de 600 serviram na RAF, muitos no Esquadrão 164º (argentino) que levava no escudo o lema “Firmes Volamos”.

Dentre os voluntários estava a Piloto Maureen Dunlop. Argentina nascida em 26/11/1920 na cidade de Quilmes, próximo de Buenos Aires. Filha de pais australianos e ingleses, antes da guerra sempre visitavam a Inglaterra com seus outros dois irmãos, em uma dessas viagens em 1936 fez aulas de voo. Quando regressou para a Argentina alterou sua data de nascimento para continuar as aulas de voo e se associar ao Aeroclube Argentino.

Ao estourar a Guerra, não pensou duas vezes em participar do esforço de guerra, mas para conseguir voar as precisava de no mínimo 500 horas de voo diferente dos homens que necessitava do dobro. Conseguindo atingir as horas Dunlop e sua irmão cruzou o Atlântico em um navio neutro de bandeira argentina. Sua Irmão se uniu a BBC e Dunlop se alistou na ATA (Transport Auxiliary Air)*** junto de outras 163 outras pilotos do sexo feminino.

Como piloto teve 800hrs de voo onde pilotou diversas aeronaves transportando de um ponto a outro, entre elas estavam os caças Spitfires, Mosquitos, P-51, Typhoons, também transportou bombardeiros para linha de frente, entre eles os Wellingtons e Lancasters. Chegou a passar dois sustos onde teve que fazer pousos de emergência, a 1º quando o canopy de seu Spitfire se desprendeu no ato de sua decolagem, e a 2º foi quando o motor de seu Fairchild Argus parou no ar.

Dunlop ficou conhecida após ser fotografada por um repórter do Picture Post, onde saiu na capa do mesmo em 16/09/1942.

Em 2003 Dunlop junto de outras duas pilotos femininas foram agraciados com o Prêmio Master Air Pilot pelo Sindicato dos Pilotos de ar  e Navegadores.

Após a guerra voltou para a Argentina e continuou a trabalhar como piloto comercial, se casou em 1955 e veio a falecer em 29/05/2012.

*** Transport Auxiliary Air foi uma organização de civis britânica criada durante a Segunda Guerra Mundial com base em White Waltham Airfield que transportava aeronaves novas das fabricas para as bases.***

Rating: 4.0. From 1 vote.
Please wait...

Written by 

Deixe uma resposta