Um Boliviano na Segunda Guerra Mundial.

É muito interessante como a Segunda Guerra Mundial teve envolvimento de todos as nações do mundo sem exceção, até mesmo países pequenos e de pouca expressão militar. Apesar do preconceito nazi-facista, nos combates não tiveram diferença de raça, etnia, cor, religião e etc… todos estavam envolvidos, e um exemplo interessante esta no texto curto abaixo referente um boliviano que esteve em combate durante a a guerra.

123928_600Hugo Pinedo, que tinha 95 anos em 2012 (data reportagem que usamos como base), lutou na Guerra do Chaco (1932-1935) em defesa dos recursos naturais da Bolívia, e seis anos mais tarde entrou para as Forças Armadas dos Estados Unidos para lutar na Segunda segunda guerra mundial contra os japoneses e os alemães foi reconhecido em Washington DC e pela Coligação para a Democracia e os residentes bolivianos proeminentes no Capitólio, sede política dos republicanos no Congresso.

“Foi uma grande honra para lutar por meu país e por meu segundo país que é os Estados Unidos da América na Segunda Guerra Mundial”, narrou Pinedo, que é firme com uma bengala e mostra um olhar sereno e um sorriso no rosto.



Pinedo foi para os Estados Unidos em 1934, depois de ter lutado na batalha em Boqueron, mas as batalhas que foram bem abordados foram os de Fortin Saavedra e Quilômetro 7; daí o soldado boliviano mostrou coragem e estratégia militar na Guerra do Chaco ” …eu vim para os Estados Unidos, porque na Bolívia iriam cortar minha perna, então minha família me enviou para este país onde eu me recuperei e entrei para a aviação Estados Unidos em 1936, sempre fui militar e 20 anos depois de eu me aposentei…”

Rating: 5.0. From 1 vote.
Please wait...

Written by 

Deixe uma resposta