Espaço Fox-Hole

Fox-hole (ou toca de raposa) era o nome dado para as pequenas trincheiras cavadas na Segunda Guerra. Estar em um fox-hole significava estar nas barbas do inimigo e nos limites da chamada terra de ninguém. Nesses abrigos os soldados vigiavam, descansavam, combatiam, reliam cartas de casa e sonhavam com o fim da luta. Muita informação passava por um fox-hole e histórias eram ali feitas. São esses os motivos pelos quais escolhi esse nome para a minha coluna no Jornal A Gazeta em São Bento do Sul, Santa Catarina. O Espaço Fox-hole está sendo publicado há mais de três anos, quinzenalmente, às quintas feiras. Abordando sempre a Segunda Guerra, com grande variação de assuntos, em uma linguagem leve para um público interessado, mas não especializado.

Por Carlos Augusto Campestrini

No votes yet.
Please wait...