Espaço FOX-HOLE, por dentro da 2ªGM – 01

O Panjandrum pronto para ser testado

A história da Segunda Guerra está repleta de situações inusitadas, estranhas e algumas que podem ser classificadas como tragicômicas. Veremos algumas; Sobre a obrigação das mães alemãs de darem a luz a arianos puros havia a piada de que estes deveriam ser loiros como Hitler, magros como Goering e atléticos como Goebels; Na Alemanha era comum que os trens recebessem nomes e o trem pessoal de Hitler teve um até certo ponto curioso, Amerika. Foi rebatizado mais tarde, por questões óbvias, como Brandenburg. Os trens usados pelo alto escalão também tinham nomes como Afrika, Atlas, Asien Atlantik e outros; O líder das SS, Himmler, não tinha os requisitos físicos nem para ser soldado raso das tropas que comandava e passava horas avaliando fotos de recrutas nus; Um submarino alemão afundou por falha no vaso sanitário. Alguns submarinos americanos afundaram após serem atingidos pelos próprios torpedos; Ser piloto em um avião não pressurizado, a 6.000 metros, poderia ser fatal pela expansão dos gases intestinais; Após um intenso bombardeio seguido de forte desembarque para retomar a ilha Kiska, próximo ao Alasca, os americanos tiveram 21 mortos e teriam morrido mais se os japoneses ainda estivessem lá; Uma forma encontrada pelos japoneses para destruir blindados inimigos era enterrar uma grande granada de artilharia com a ponta exposta e literalmente a martelar no momento certo; Após a libertação de Leningrado uma praga de ratos ameaçou a cidade que teve de receber um trem carregado de gatos para repor aqueles que haviam sido comidos durante o cerco; Um artefato que deveria ser usado para atacar praias antes do desembarque era o Panjandrum, imensa roda carregada de explosivos, movida por foguetes e lançada ainda do mar, mas além do tempo e dinheiro gastos, foi um fracasso; A marinha americana lançou material de propaganda com a chamada “Hitler se alistou na Marinha” aproveitando um sobrinho do ditador alemão que havia fugido para os Estados Unidos; Antes da guerra os italianos estavam trocando sua munição de fuzil por uma em outro calibre com o núcleo de alumínio e no inicio das hostilidades estavam com um arsenal desorganizado e inútil; Assim que chegavam ao Reno os militares aliados urinavam neste, gesto que foi seguido até pelo líder inglês Winston Churchill; Uma coluna de blindados americanos percebeu movimentação na estrada em frente e abriu fogo, que não ficou sem resposta, após alguns disparos ficou claro que eram outros americanos, perguntados do por que atiraram veio a resposta “isso é uma guerra, se alguém atira na gente a gente atira de volta, é automático”; Os soldados aliados nutriam certa antipatia pela carne enlatada Spam, pois haviam estoques imensos e era comida com exagerada freqüência. Depois da guerra o General Eisenhower, ao conhecer o presidente da fabricante do Spam, agradeceu a ajuda no esforço de guerra e perguntou “Mas precisava mandar aquilo tudo?; Para encerrar, da revista História Catarina, nº53. O papel higiênico Victory vinha com caricaturas de Hitler, Hirohito e Mussolini e o seu slogan era “Os americanos patrióticos usam o papel higiênico Victory. Uma folha por dia mantém o Eixo longe”.

Rating: 5.0. From 1 vote.
Please wait...

Deixe uma resposta